4

 

 

Por Daniel Fonseca, MOVIOCA

 

O Branded Content, também é conhecido como Branded Entertainment, Advertainment e Conteúdo de Marca, é uma poderosa ferramenta de storytelling para marcas. O Branded Content associa a produção à marca num determinado formato, qualquer que seja o veículo da mensagem: TV, Cinema, Rádio, Papel, Internet, Redes Sociais.

Os três principais gêneros de mensagens trabalhados pelas marcas são Entretenimento, Informação e Educação. E, é claro, muitas vezes estes três gêneros estão combinados num mesmo Branded Content.

É importante não confundir  Branded Content com estratégias de merchandising ou  product placement (tie-in), nas quais a marca apenas patrocina o conteúdo ou aparecem em cena para compor um ambiente mais verossímel. No Branded Content todo o filme, por exemplo, é planejado sob a orientação dos objetivos da marca. Enquanto o Product Placement é elemento da cena.

Um bom exemplo das duas modalidades é visto no caso do filme “Náufrago” (Cast Way) e nos ajuda a deixar as coisas bem claras.

A aparição da FEDEX, marca patrocinadora e investidora do filme, representa o Branded Content. Sua contextualização e seus valores ficam claros na construção da história e do personagem e reforçam a promessa da marca, como respeito pela confiança do consumidor.

 

1

 

A aparição da WILSON é um caso de Product Placement: a marca aparece em determinados momentos mas o roteiro do filme não está comprometido com os valores da marca esportiva.

2

 

 •••••••

DOIS CASES DE BRANDED CONTENT

1. O Branded Content da Jaguar Land Rover, ‘DESIRE’, dirigido e produzido pela Ridley Scott Company. Com o vencedor do Emmy,  Damian Lewis.

 

 

 

2. E o clássico ‘THE HIRE’, da BMW FILMS:

 

 

 

Mais posts no Blog da MOVIOCA

Daniel Fonseca
daniel@movioca.com
Twitter: @ffdaniel

Compartilhe

Posts Relacionados

Deixe em coméntario